Como ser um projetista mais produtivo? Veja 5 dicas agora!

 em Uncategorized

O mercado de arquitetura e engenharia é muito intenso e competitivo. Por isso, a busca de como ser um projetista mais eficiente, produtivo e organizado se faz cada vez mais necessária, de modo a otimizar o trabalho e potencializar os ganhos.

A esses profissionais competem as maiores responsabilidades dentro de um projeto. O arquiteto é encarregado da criação e distribuição dos espaços, escolha de materiais, iluminação. Já o engenheiro é incumbido de estruturas, sistemas hidrossanitários e de combate a incêndio etc.

Continue conosco e confira 5 dicas de como ser um projetista mais eficiente — e ganhar mais com isso!

1. Priorize a organização

Pode parecer banal, mas é impossível ter uma rotina produtiva e eficiente em um espaço bagunçado! Portanto, comece colocando cada coisa em seu lugar.

Se for preciso, tenha mais um gaveteiro ou um armário para arquivar documentos físicos; para os digitais, a melhor opção é um drive online.

Além de remover documentos e revistas antigas da mesa, é importante eliminar também outros fatores de distração. Restrinja o acesso a redes sociais e deixe o celular no silencioso quando precisar de máxima concentração. Só assim vai poder desempenhar suas atividades com excelência.

2. Gerencie bem o tempo

O tempo é o bem mais precioso da atualidade. Por isso, é importante ter alta produtividade durante as horas dedicadas ao trabalho, de modo que você possa se dedicar sem nenhuma preocupação à família e ao lazer.

Para alcançar essa eficiência, é importante começar planejando cada atividade a ser desenvolvida. Procure reservar os horários do dia em que se sentir mais atento para exercer as tarefas de maior importância.

É claro que algo fora do planejamento pode acontecer, mas tenha em mente que organizar a maior parte do seu tempo faz com que mesmo as emergências não desencadeiem verdadeiras catástrofes no trabalho. A ideia não é trabalhar mais, e sim melhor.

3. Defina prioridades

Nem sempre é uma etapa fácil, mas a definição de prioridades é essencial para delegar responsabilidades. A regra do Pareto é uma boa ideia: nela, 20% das tarefas têm 80% de impacto no processo inteiro. Assim, verifique quais as etapas mais essenciais dos projetos e reserve a maior parte do seu tempo para solucioná-las.

Outros métodos são até mais simples, como organizar todo dia uma lista de tarefas, definindo as mais importantes e riscando as concluídas para então começar as próximas.

Um ponto importante é centralizar essas informações no mesmo lugar, seja em uma agenda convencional, seja no bloco de notas do celular. Dessa forma, você consegue controlar melhor o andamento da empresa.

4. Sistematize os processos

A sistematização é importante para que não seja preciso gastar tempo executando tarefas que se repetem e para evitar o retrabalho.

Um bom exemplo é usar modelos: desde e-mails, arquivos de desenho já configurados de acordo com o padrão do escritório até contratos e documentos de levantamento. Com os modelos previamente configurados, é possível poupar muito tempo, só incluindo ou alterando as informações necessárias.

Caso seu escritório esteja no início, existem sites que disponibilizam uma série arquivos modelo. Outra opção é contratar empresas especializadas para esse serviço.

5. Use programas de gestão

A tecnologia é uma aliada indiscutível nos tempos atuais. Afinal, hoje em dia, existe uma ferramenta para praticamente qualquer coisa que se possa imaginar.

Se você gosta de manter tudo na palma da mão, existe uma gama de aplicativos capazes de organizar atividades, manter o foco e até medir a produtividade. Alguns desses apps têm plataformas para computadores e são ótimos para serem acessados por todos na empresa. Bons exemplos são o Countdown+, o Trello e o Agendor.

Já a técnica de kanban é simples e excelente para visualizar o andamento das tarefas. Funciona com colunas que vão de “começar”, passam por “em andamento” até “concluído”. Uma maneira é compor um quadro com tarefas em post-its e modificar o título de cada coluna, conforme a necessidade.

Além disso, uma ótima sugestão de leitura complementar sobre o assunto é o livro “Faça o tempo trabalhar para você”, da autora Tathiane Deândhela, que trata de maneiras de atingir resultados incríveis, sem precisar ficar exausto o tempo todo.

A Projetaqui, nesse caso, também é uma excelente ferramenta para seu escritório, pois conecta os projetistas de arquitetura e engenharia com as melhores oportunidades em construtoras.

Agora que você já conheceu 5 ótimas dicas de como ser um projetista mais produtivo, saiba mais sobre os serviços da Projetaqui entrando em contato conosco!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

destacar em seus projetos arquitetônicosnovas tecnologias na construção civil
Contato por WhatsApp